Notícias atualize-se e recomende!

CAIXA: Técnico bancário terá concurso ainda este ano: R$2.715 17/09/2013

Uma das palestras mais aguardadas da 4ª Feira da Carreira Pública & Mercado de Trabalho, evento realizado pela FOLHA DIRIGIDA, na Firjan, no Centro do Rio de Janeiro (saiba mais AQUI), trouxe uma ótima notícia para os concurseiros. Em sua palestra "A carreira na Caixa", proferida na tarde de quinta, 12 de setembro, o representante da Diretoria Executiva de Gestão de Pessoas e Gerente Nacional de Remuneração e Benefícios da instituição, Salomão Azulay, anunciou a abertura de um novo concurso para técnico bancário, cargo de nível médio, ainda este ano. "O nosso planejamento interno é lançar o edital até dezembro, porque ano que vem é ano eleitoral e, por isso, o prazo é curto, já que podemos contratar somente até o meio do ano. Pode ser que haja uma reformulação no processo de concurso. Por exemplo, a titulação poderá servir como classificação", explicou. A carreira tem remuneração inicial de R$2.715,04, sendo R$1.875 de vencimento-base, R$472,12 de auxílio-alimentação/refeição e R$367,92 de cesta-alimentação. Além disso, a Caixa oferece benefícios como planos de saúde, odontológico e previdenciário, entre outros. Segudo o dirigente, dos 63 benefícios, 22 são legais e o restante é iniciativa do banco, para ser um diferencial no mercado.


 


O último concurso para técnico bancário da Caixa foi realizado em 2012, sob organização da Fundação Cesgranrio. Apesar de ter sido inicialmente destinado apenas à formação de cadastro de reserva, até o início deste ano, 6.756 aprovados para o cargo já haviam sido convocados. O cargo de nível médio rompeu a barreira de um milhão de concorrentes, reunindo 1.086.514 inscritos - enquanto os três de nível superior somaram 69.958. Na ocasião, os candidatos a técnico foram avaliados por prova objetiva composta por 60 questões, sendo 30 de Conhecimentos Básicos e 30 de Conhecimentos Específicos. Em Conhecimentos Básicos, foram cobradas as matérias de Língua Portuguesa, Matemática, Atualidades, Ética, Atendimento, História e Estatuto da Caixa e Legislação Específica. Já os conteúdos específicos foram pedidos Conhecimentos Bancários e Noções de Informática. Houve ainda uma Redação. Azulay informou que a Caixa já está trabalhando no edital e, embora seja possível que haja uma reformulação das provas, alguns pontos básicos serão mantidos, como Português e Matemática, por exemplo.


 


“O que é fundamental para a Caixa vai ser pedido. O mercado muda, o cliente muda, então nós também temos que mudar e isso se reflete na seleção de recrutamento. Não posso afirmar o que vem de forma diferente, mas digo que a Caixa está sempre atenta e busca nos editais se adequar à realidade empresarial”, explicou. Sendo assim, o gerente aconselha que quem deseja participar do próximo concurso já inicie seus estudos. “A preparação tem que ser diária, principalmente porque Português, Matemática, Sistema Financeiro e redação são básicos e importantes. A gente observa que quem alcança o sucesso se planejou”, orientou.


 


De acordo com Azulay, até o fim do ano, a Caixa contará com cerca de 99 mil empregados. "Somos o banco brasileiro que mais contrata pessoas - a velocidade de contratação é grande. Nos últimos 12 meses, 12.500 pessoas foram contratadas, sendo mil no Rio de Janeiro (das 4.600 aprovadas no último concurso). Somos também o único banco que tem estrtáegia de expansão. Hoje há 63.700 pontos de atendimentos e abrimos, em média, três agências a cada dia útil. Em junho do ano passado tínhamos 89 mil agências e, em junho desde ano, passamos para 95.632", citou. O palestrante também expôs os benefícios do banco e falou sobre a importância de se construir uma carreira. "Só há três palavras que vocês não podem esquecer nesta palestra: foco, escolha e preço. Todo mundo paga um preço pelas escolhas, que são feitas de acordo com o foco de cada um. Você é dono da própria carreira. Então, é preciso assumir o próprio destino. A carreira é o caminho que se tem a trilhar", disse. Ele explicou que, apesar de haver influências externas para se fazer determinada escolha, quem tem a possibilidade de optar pela carreira é a própria pessoa. "Quando escolhemos uma carreira, acaba havendo a influência de família, finanças, amigos, trabalho, lazer, fatores físico e emocional/intelectual. Mas não depende de ninguém, quem escolhe é cada um", completou.


 


E, para se construir essa carreira, o palestrante coloca a Caixa como um grande recurso. "O responsável pelo planejamento e desenvolvimento da carreira é a pessoa. O dever da Caixa é disponibilizar todos os instrumentos para essa carreira, recursos que apóiem o empregado na construção de uma carreira. Ao ser admitido no banco, o funcionário passa por progressão de diferenças salariais, a partir de uma avaliação por mérito, participando do plano de cargos e salários", afirmou. O diretor também mostrou que há funções gratificadas dentro da instituição. "São as atribuições de maior complexidade e responsabilidade, ocupadas em caráter transitório. Dentro dessas funções, há o plano de funções gratificadas, que, inclusive dá suporte para planejamento de trajetória profissional, com movimentação dessas funções, ou seja, o funcionário pode mudar de funções e metas dentro da Caixa. A cada três empregados do banco, dois têm função gratificada."


 


 


Banco vai contratar mais de 15 mil funcionários até 2015


 


A Caixa Econômica Federal convocou, até a última segunda-feira, dia 16 de setembro, 16.166 aprovados no concurso realizado em 2012, sendo 12.021 já admitidos. No Rio de Janeiro, foram feitas 969 admissões, sendo 538 no polo da capital e 402 no do interior. Ainda há 50.131 aprovados disponíveis no cadastro de reserva, sendo 3.551 no Rio. A seleção tem validade até 14 de junho de 2014 e, segundo o representante da Diretoria Executiva de Gestão de Pessoas, Salomão Azulay, as contratações serão feitas até o último dia de vigência do prazo. “O prazo legal nos limita e, muitas vezes, não dá para atender toda a gama de pessoas que está no nível de classificação. Mas a Caixa tem ampliado e vamos no limite do prazo legal”, disse.


 


O Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Dest), vinculado ao Ministério do Planejamento, autorizou, em julho, a Caixa a ampliar o seu quadro de pessoal em mais 15.910 funcionários até 2015, sendo 6.037 ainda este ano, 4.850 em 2014 e 5.023 em 2015. Esses números poderão ser preenchidos com aprovados nas seleções em validade e na que será aberta. Além do concurso de 2012 para técnico bancário, outros três ainda estão vigentes. O de médico do trabalho (2011) tem prazo até 22 de março do ano que vem; o de carreiras profissionais (advogado, engenheiro e arquiteto), realizado em 2012, até 8 de julho de 2014; e o de engenheiro civil e médico do trabalho (2013), até 21 de agosto de 2014.


 


 


Veja o programa do último concurso


 


Para orientação dos futuros candidatos, FOLHA DIRIGIDA publica baaixo o programa do último concurso para o cargo de técnico bancário da Caixa Econômica Federal. Na ocasião, os candidatos foram avaliados por meio de questões de Conhecimentos Básicos e Específicios. No entanto, os candidatos que optaram pela área de Tecnologia da Informação (TI) tiveram um conteúdo específico diferenciado dos demais concorrentes. Confira abaixo.


 


CONHECIMENTOS BÁSICOS


LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal indicativo de crase. 7 Sintaxe da oração e do período. 8 Pontuação. 9 Concordância nominal e  verbal. 10 Regência nominal e verbal. 11 Significação das palavras. 12 Redação Oficial.


 


MATEMÁTICA: 1 Juros simples e compostos: capitalização e descontos. 2 Taxas de juros: nominal, efetiva, equivalentes, proporcionais, real e aparente. 3 Planos ou Sistemas de Amortização de Empréstimos e Financiamentos. 4 Cálculo financeiro: custo real efetivo de operações de financiamento, empréstimo e investimento. 5 Avaliação de Alternativas de Investimento. 6 Taxas de Retorno.


 


ATUALIDADES: Tópicos relevantes e atuais de diversas áreas, tais como política, economia, sociedade, educação, segurança, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável, responsabilidade socioambiental e ecologia, e suas vinculações históricas.


 


ÉTICA: 1 Conceito de ética. 2 Ética aplicada: noções de ética empresarial e profissional. 3 A gestão da ética nas empresas públicas e privadas. 4 Código de Ética da CAIXA (disponível no sítio da CAIXA na internet).


 


ATENDIMENTO: 1 Legislação: Lei n°. 8.078/90 (Código de Defesa do Consumidor); Resolução CMN/Bacen nº. 3.694/ e alterações posteriores. 2 Marketing em empresas de serviços: Marketing de relacionamento. 3 Satisfação, valor e retenção de clientes. 4 Propaganda e promoção. 5 Telemarketing. 6 Vendas: técnicas, planejamento, motivação para vendas, relações com clientes.


 


HISTÓRIA E ESTATUTO DA CAIXA: 1 História e Missão da CAIXA (disponível no site da CAIXA www.caixa.org.br ). 2 Estatuto da CAIXA (Da Denominação, Sede, Foro, Duração e Demais Disposições Preliminares, Dos Objetivos, Do Pessoal).


 


LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA: 1 Lei nº 7.998/90 (Programa Desemprego e Abono Salarial - beneficiários e critérios para saque); Lei nº 8.036/90 (FGTS: possibilidades e condições de utilização/saque; Certificado de Regularidade do FGTS; Guia de Recolhimento GRF); Lei Complementar n.º 7/70 (PIS). 2 Artigo 37 da Constituição Federal (Princípios Constitucionais da Administração Pública: Princípios da Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência). 3. Lei nº 10.836/04 ( Bolsa Família).


 


CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS


(EXCETO para os polos de Tecnologia da Informação - TI


 


CONHECIMENTOS BANCÁRIOS I: 1 Abertura e movimentação de contas: documentos básicos. 2 Pessoa física e pessoa jurídica: capacidade e incapacidade civil, representação e domicílio. 3 Cheque – requisitos essenciais, circulação, endosso, cruzamento, compensação. 4 Sistema de Pagamentos Brasileiro. 5 Estrutura do Sistema Financeiro Nacional (SFN): Conselho Monetário Nacional; Banco Central do Brasil; Comissão de Valores Mobiliários; Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional; bancos comerciais; caixas econômicas; cooperativas de crédito; bancos comerciais cooperativos; bancos de investimento; bancos de desenvolvimento; sociedades de crédito, financiamento e investimento; sociedades de arrendamento mercantil; sociedades corretoras de títulos e valores mobiliários; sociedades distribuidoras de títulos e valores mobiliários; bolsas de valores; bolsas de mercadorias e de futuros; Sistema Especial de Liquidação e Custódia (SELIC); Central de Liquidação Financeira e de Custódia de Títulos  (CETIP); sociedades de crédito imobiliário; associações de poupança e empréstimo; Sistema de Seguros Privados: sociedades de capitalização; Previdência Complementar: entidades abertas e entidades fechadas de previdência privada. 6 Noções de política econômica, noções de política monetária, instrumentos de política monetária, formação da taxa de juros. 7 Mercado Financeiro - mercado monetário; mercado de crédito; mercado de capitais: ações – características e direitos, debêntures, diferenças entre companhias abertas e companhias fechadas, funcionamento do mercado à vista de ações, mercado de balcão; mercado de câmbio: instituições autorizadas a operar; operações básicas; contratos de câmbio – características; taxas de câmbio; remessas; SISCOMEX. 8 Mercado Primário e Mercado Secundário. 9 Produtos Bancários.


 


NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 1 Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações: ambiente Microsoft Office, BR Office. 2 Sistemas operacionais: Windows e LINUX. 3 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet e intranet. 4 Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. 5 Certificação e assinatura digital. 6 Segurança da Informação


 


CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS


(EXCLUSIVAMENTE para os polos de tecnologia da informação -TI


 


TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: 1. Fundamentos de computação. 2. Organização e arquitetura de computadores. 3. Componentes de um computador (hardware e software). 4. Sistemas de entrada, saída e armazenamento. Sistemas de numeração e codificação. Aritmética computacional. 5. Princípios de sistemas operacionais. 6. Aplicações de informática. Família Windows e UNIX. 7. Redes de computadores. 7.1 Fundamentos de comunicação de dados. 7.2 Meios físicos de transmissão. 7.3 Elementos de interconexão de redes de computadores (gateways, switches, roteadores). 7.4 Estações e servidores. 7.5 Tecnologias de redes locais e de longa distância. 7.6 Arquitetura, protocolos e serviços de redes de comunicação. 7.7 Arquitetura TCP/IP. 7.8 Arquitetura cliente servidor. 7.9 Conceitos de Internet e Intranet. 8. Engenharia de software. Noções sobre: Modelagem de processos, Ciclo de vida do software. Metodologias de desenvolvimento de software. Processo unificado: disciplinas, fases, papéis e atividades. Metodologias ágeis. Análise e projeto orientados a objetos. UML: visão geral, modelos e diagramas. Padrões de projeto. Arquitetura em três camadas. Arquitetura orientada a serviços. Métricas e estimativas de software. Análise por pontos de função. Conceitos básicos e aplicações. 9. Engenharia de requisitos. Conceitos básicos. Noções sobre: Técnicas de elicitação de requisitos, especificação de requisitos e técnicas de validação de requisitos. Prototipação. 10. Desenvolvimento de Sistemas: Noções sobre: Linguagens de programação. Programação em Java e COBOL. Arquitetura e padrões de projeto JEE v6. Desenvolvimento web em Java. Servlets, JSP e Ajax. Interoperabilidade de sistemas. SOA e Web Services. Padrões XML, XSLT, UDDI, WSDL e Soap. Uso da linha de comando no Windows. Segurança no desenvolvimento. Práticas de programação segura. Revisão de código: conceitos e aplicações. 11. Testes de software: conceitos e aplicações. Testes unitários, de integração e de aceitação: conceitos e aplicações. Desenvolvimento orientado a testes: conceitos e aplicações. 12. Gerência de Configuração: conceitos e práticas. Uso de ferramentas de gerência de configuração. Controle de defeitos: conceitos e práticas. 13. Bancos de dados. Abstração e modelo de dados. Sistemas gerenciadores de banco de dados. Linguagens de definição e manipulação de dados. Linguagem de consulta – SQL; conceitos e comandos PLSQL. Ferramentas de ETL. 14. Portais corporativos: arquitetura da informação, portlets e RSS. Ferramentas de Gestão de Conteúdos. Modelo de Acessibilidade do Governo Eletrônico. 15. Gestão e Governança de TI: Noções sobre: Gestão de segurança da informação: Normas NBR ISO/IEC 27001 e 27002. Gerenciamento de projetos – PMBOK 4ª edição. Processos, grupos de processos e áreas de conhecimento e ferramentas. Qualidade de software – CMMI / MPS-BR – Conceitos básicos e objetivos. Disciplinas e formas de representação. Níveis de capacidade e maturidade.


 


CONHECIMENTOS BANCÁRIOS II: 1 Sistema de Pagamentos Brasileiro. 2 Estrutura do Sistema Financeiro Nacional (SFN): Conselho Monetário Nacional; Banco Central do Brasil; Comissão de Valores Mobiliários; Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional; bancos comerciais; caixas econômicas; cooperativas de crédito; bancos comerciais cooperativos; bancos de investimento; bancos de desenvolvimento; sociedades de crédito, financiamento e investimento; sociedades de arrendamento mercantil; sociedades corretoras de títulos e valores mobiliários; sociedades distribuidoras de títulos e valores mobiliários; bolsas de valores; bolsas de mercadorias e de futuros.


 


Fonte: folha dirigida