Notícias atualize-se e recomende!

Comentários Hu-Ana Bezerra - Específica Enfermeiro Assistencial - Tatiana e Renata 12/02/2014

Comentários Hu-Ana Bezerra - Específica Enfermeiro Assistencial 





Olá,


 


     Para as questões relacionadas ao temas que trabalhei em vídeo aula e aulão, a minha análise é que não cabe recurso. 


 


A seguir as questões:


 


QUESTÃO 30 - Embasada nas diretrizes da politica nacional de atenção as urgências que pode ser encontrada a página 13 Manual Instruitivo da RAU . ( http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_instrutivo_rede_atencao_urgencias.pdf)


 


QUESTÃO 31 - - Embasada nas diretrizes da politica nacional de atenção as urgências que pode ser encontrada a página 43 Manual Instruitivo da RAU . ( http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_instrutivo_rede_atencao_urgencias.pdf)

QUESTÃO 41 - Conceito de Urgência e Emergência - Embasado na Resolução do Conselho Federal de Medicina CFM nº 1451/95


 


QUESTÃO 46 - Primeiros Socorros - Resposta pode ser embasada na página 88 do Livro "atendimento Pré-hospitalar ao traumatizado, PHTLS/NAEMT. 7ed. - Rio de Janeiro:Elsevier, 2011; ou nas páginas 10 e 11 do Manual de Primeiros Socorros. Rio de Janeiro. Fundação Oswaldo Cruz/Ministério da Saúde, 2003.


 



Renata de Lima Pessoa



 


QUESTÃO 29


 


Considerando a lei n 7498/1986, assinale a alternativa que contem atividades privativas do enfermeiro.


a)   Participar da equipe de saúde (NÃO É PRIVATIVO), assistência a parturiente e ao parto normal (PRIVATIVO) e participar da programação da assistência de enfermagem (NÃO É PRIVATIVO)


b)   Prescrever medicamentos (PRIVATIVO), participar da equipe de saúde (NÃO É PRIVATIVO),  participar da programação da assistência de enfermagem (NÃO É PRIVATIVO)


c)   Prestar cuidados de higiene e conforto aos pacientes (NÃO É PRIVATIVO), assistência a parturiente e ao parto normal (PRIVATIVO), participar da equipe de saúde (NÃO É PRIVATIVO)


d)   Participar de projetos de reforma (NÃO É PRIVATIVO), participar da equipe de saúde (NÃO É PRIVATIVO) e Prestar cuidados de higiene e conforto aos pacientes (NÃO É PRIVATIVO)


e)   Acompanhar a evolução do trabalho de parto (PRIVATIVO), prevenção e controle de infecção hospitalar e educação (NÃO É PRIVATIVO), visando à melhoria da população.


 


Baseado nas alternativas acima descritos define-se, entre parênteses, as atividades privativas e não privativas do profissional enfermeiro baseado no artigo 11 da lei 7498, de 25 de Junho de 1986 que regulamenta o exercício da enfermagem no Brasil. Sendo assim NÃO existe alternatica correta.


Destacamos texto da lei:


Art. 11. O Enfermeiro exerce todas as atividades de enfermagem, cabendo-lhe:


I – privativamente:


a) direção do órgão de enfermagem integrante da estrutura básica da instituição de saúde, pública e privada, e chefia de serviço e de unidade de enfermagem;


b) organização e direção dos serviços de enfermagem e de suas atividades técnicas e auxiliares nas empresas prestadoras desses serviços;


c) planejamento, organização, coordenação, execução e avaliação dos serviços da assistência de enfermagem;


d) (VETADO);


e) (VETADO);


f) (VETADO);


g) (VETADO);


h) consultoria, auditoria e emissão de parecer sobre matéria de enfermagem;


i) consulta de enfermagem;


j) prescrição da assistência de enfermagem;


l) cuidados diretos de enfermagem a pacientes graves com risco de vida;


m) cuidados de enfermagem de maior complexidade técnica e que exijam conhecimentos de base científica e capacidade de tomar decisões imediatas;


 


 


Tatiana Elias