Concurso TRE RN: tribunal confirma interesse em participar do concurso unificado da Justiça Eleitoral. 20/04/2022

Mais um! O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE RN) confirmou interesse em participar do concurso unificado da Justiça Eleitoral, previsto para 2023. A informação foi passada à Folha Dirigida pela Assessoria de Comunicação do órgão:

Confira a nota enviada na íntegra:

“O TRE-RN encaminhou um ofício ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) respondendo que possui interesse em participar do concurso unificado da Justiça Eleitoral”. 

O número de vagas solicitado não foi divulgado. De acordo com os últimos dados do Portal da Transparência , o TRE do Rio Grande do Norte dispõe de dez cargos vagos, sendo oito de técnicos, de nível médio, e dois de analista, de nível superior. 

O último concurso para o próprio TRE RN foi aberto em 2010 e perdeu a validade em 2015. 

O Tribunal Superior Eleitoral estuda a realização de um novo concurso unificado. Essa seleção funciona da seguinte maneira: um único edital é publicado com vagas para o TSE e outros Tribunais Regionais Eleitorais pelo país, que indiquem a necessidade de servidores. 

Nos concursos unificados da Justiça Eleitoral, todo o orçamento fica concentrado no TSE, que promove a escolha da banca organizadora e traz a previsão de nomeações. De maneira a reduzir as despesas de concursos individualizados.

Além do TRE do Rio Grande do Norte, os tribunais do Rio de Janeiro, São Paulo, Piauí, Mato Grosso, Goiás e Santa Catarina já sinalizaram interesse na seleção.

Concurso unificado deve ter vagas para técnico e analista

A estimativa é que o novo concurso unificado para Justiça Eleitoral contemple os cargos de técnico judiciário (nível médio) e analista judiciário (nível superior).

Atualmente, os salários para técnico são de R$8.501,45, incluindo o vencimento de R$3.163,07, a Gratificação por Atividade Jurídica (GAJ) de R$4.428,30 e o auxílio-alimentação de R$910,08.

Para analista, os valores iniciais são de R$13.365,38, compostos pelo vencimento básico, de R$5.189,71, pela GAJ de R$7.265,59, e auxílio-alimentação de R$910,08.

Os servidores também têm direito a vários benefícios, como assistência médica e odontológica (R$215), adicional de qualificação (por nível de escolaridade superior ao exigido para a carreira), auxílio-creche (R$719,62 por dependente de até 5 anos).

O regime de contratação é o estatutário, que assegura a estabilidade.



Nós usaremos cookies para melhorar e personalizar sua experiência.